Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaque

Ontem um jovem negro foi espancado na Universidade...

“Quando se faz educação, sempre será em favor de alguém e, consequentemente, contra alguém” Ana Maria Araújo Freire em entrevista à Agencia Adista  Em favor de quem vem sendo feita a educação na UFES? E contra quem?  Tal questionamento não deve ser, e não aceitamos que seja, respondido por uma bela carta ou por um discurso dos que fazem a UFES ser apenas dos que por ela podem pagar. Essa questão é respondida cotidianamente através das situações vivenciadas por toda pessoa pobre que comete a ousadia de ingressar nessa universidade. Essa é uma questão das mulheres, das pretas e dos pretos, das favelas, da comunidade LGBTT! Temos ouvido que esse lugar não nos pertence e muitas vezes o povo tem sido expulso da UFES. Somos expulsas e expulsos pelo desprezo à nossa história e realidade em nome da neutralidade acadêmica; pela mediocridade e burocracia da assistência estudantil; pela dificuldade de se referenciar em um corpo docente e em uma administração branca e majoritariamente racista e mach…

Últimas postagens

Essa história é nossa

Estudante vence concurso de redação com o tema memória e verdade

Levante em luta contra o genocídio do Povo Negro

Acontecerá sexta feira a II Marcha Internacional Contra o Genocício do Povo Negro

Levante participa do VII Congresso Brasileiro de Geógrafos

Por Reforma Política, Constituinte Já!

Pelo fim do extermínio das mulheres capixabas

Levante Popular da Juventude ES realiza plenária de formação sobre o Plebiscito Constituinte